domingo, 29 de maio de 2011

Sou assim


"Inocente não sou, não mesmo. Não sou comum, e odeio a normalidade. Ora estou aqui, mas preferia estar lá. Faço coisas que não agradam as pessoas, mas em certos momentos, sou admirável, memorável. Acredito na liberdade sexual. E já fui muito mais longe do que muita gente pensa em ir. Apesar de tudo sou compreensível, gentil e amoroso. Sei lidar com os sentimentos alheios, porém muitas vezes nem ligo pra eles. Algumas pessoas são apenas "pessoas" para mim. Porém, não sou um monstro, e em algum lugar ainda bate um coração neste peito cravado de memórias." Achei por ai... me define muito bem, não acha?

sexta-feira, 18 de março de 2011

Você tem dúvidas ainda?




Hoje eu acordei mais cedo
E fiquei te olhando dormir
Imaginei algum suposto medo
Para que tão logo
Pudesse te cobrir

Tenho cuidado de você
Todo esse tempo
Você esta sob o meu abraço
E minha proteção
Tenho visto você errar e crescer
Amar e voar
Você sabe onde pousar

Ao acordar terei partido
Ficarei de longe, escondido
Mas sempre perto decerto
Como se eu fosse humano, vivo
Vivendo pra te cuidar, te proteger
Sem você me ver
Sem saber quem sou
Se sou anjo
Ou se sou
Seu amor

Afinal, quem eu sou?
Seu anjo ou seu amor?
Tenho asas?
Anjos protegem, cuidam
Aparecem invisíveis
Humanos também
Quando amam

Quero dizer
Que não importa
Saber de onde venho
Se tudo que sou pra você
E amor

E se ainda assim
Quiser voar
Te levo comigo
Te mostro as estrelas
Outros alados, Deus
A vida celeste

Depois voltaremos pra casa
E mais uma vez humanos
Nos amarmos
Ate morrermos
Pra dizer que é seu o anel
Sou o seu amor na terra
E seu anjo no céu.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Tchau!


Hoje, depois de alguns dias consegui chorar, chorei por saber que por mais que eu me esforce nunca serei o bastante, sabe aquela dor que dói em um lugar que você nem imaginava que existia dentro de você? pois é está doendo, e doendo muito!
Parei para colocar as coisas no seu lugar e me descobri tentando ser bom o bastante, prefeito o suficiente. E isso não é sadio para ninguém. Tudo que eu tenho para oferecer esta aqui, e não considero pouco.
Estou de braços abertos dizendo: - estou aqui! Imperfeito, cheio de fraquezas e temores, mas com um coração apaixonado e disposto a fazer você a pessoa mais feliz do mundo. Não te pesso muito, só carinho, atenção, só preciso saber que se importa comigo. Um "bom dia", um "boa noite", "como foi seu dia?" maneiras simples de se preocupar. Construir algo aos poucos, pedrinha por pedrinha!
O que mais dói é saber que não adianta palavras, gestos, demonstrações, nada! não tenho o poder de entrar na sua cabeça e dizer: -"PELO MENOS TENTE ME AMAR!"
Você é o que é, eu sou o que sou... e assim meu coração segue doendo...

E depois disso se fez silêncio e você se foi sem ao menos dizer adeus!

domingo, 22 de agosto de 2010

Meu errado perfeito


Sabe aquele sorriso bobo, lindo e que tira seu fôlego? Sabe aquela carinha de menino sapeca de que sempre quer brincar? Um beijo maravilhoso, Um otimo papo e tantos outros atributos que fazem você acreditar de novo em "o cara perfeito" pois é mas não é bem assim...
Essa pessoa existe! Eu a conheci, a toquei, a beijei... mas sempre soube que não era para mim, afinal tudo que é perfeito não entra na minha lista de conquistas não é?
Quando eu penso que estou tranquilo, que estou esperando o amor entrar pela porta do meu coração aparece esse alguém que me arrebata de uma maneira que não consigo evitar não pensar nela, olhar uma simples foto me faz suspirar, pensar nela me dá taquicardia. A pessoa não é o deus grego, nem muito menos detentor do abdómen de tanquinho pelo qual todos suspiram... mas é tudo o que meu coração necessita...
Quem mandou você ser fofo!? rs
Te tirar da cabeça não vai ser uma tarefa fácil, mas eu tenho que conseguir né? Se agora esta doendo imagina mais pra frente...
Você é uma pessoa incrível te desejo toda sorte do mundo e como eu te disse ontem tenho inveja da pessoa que te ganhar, ela será muito feliz!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Eu prefiro me magoar do que não sentir nada


Estava lendo a tradução da musica "Need you now - Lady Antebellum" e vi uma passagem que me chamou atenção "yes, I'd rather hurt than feel nothing at all" que significa "Sim, eu prefiro me magoar do que não sentir nada" e parei para pensar nessa frase.
Estamos sempre condicionados a buscar uma forma de não sentir dor, fazendo tudo para ser feliz de alguma forma, mas essa forma tem que ser totalmente indolor, e isso não existe! rs
Eu sempre quis buscar a felicidade, o amor perfeito, a paz interior, mas sempre pensei em alcançar isso sem nenhuma dor. Toda vez que doía eu desistia e procurava outra forma!
Se pararmos para pensar a frase é exatamente o que precisamos fazer, temos que parar de esperar o perfeito! o indolor! o fácil! temos que ir atrás dos sonhos, das vontades, dos desejos repentinos, de tudo que nos faz sentir!
Sentir dor, nem sempre é ruim, as vezes nos avisa que algo esta errado; sentir medo nos faz saber que de alguma forma nos protegemos inconsciente do que não conhecemos ou tememos, ficar triste é a maior certeza de que um dia fomos mais felizes do que aquele momento em especifico e se você tiver um pouco de fé terá certeza de que estar triste naquele momento significar ficar feliz logo em breve!
Então a dica que dou é sinta! sinta tudo sem medo! pelo menos você terá do que se lembrar daqui a alguns anos... sinta, fortaleça seu coração com emoções diferentes sempre! isso fará como que ele sempre esteja preparado para tudo e sempre tenha uma certeza... você pode até muitas vezes sentir coisas ruim mas quando sentir as boas saberá aproveita-las ao máximo!

sexta-feira, 5 de março de 2010

Who I am


A nova musica do Nick Jonas - Who I am http://lc4.in/Js1i bem o que sinto ultimamente.



As vezes queremos apenas ser amados como somos. Sei muito bem que estou longe de ser perfeito e que tenho uma gama de coisas que gostaria e deveria mudar em mim, mas só quero ser amado como sou. Mudar faz parte e não tenho problema de fazer isso por um amor verdadeiro, mas antes de tudo tenho que saber que esse amor me aceitou da maneira que me encontrou. Que me ama alem de todos os erros e defeitos. E que será paciente em esperar a mudança ou companheiro em aceita-la caso não mude.

"I want someone to love me for who i am, I want someone to need me, is that so bad?"


terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Paredes (desabafo)


Todos nos acreditamos que nossa família é o nosso chão, nosso alicese, nossa estrutura. e as pessoas que convivemos são nossas paredes e Deus nosso teto.

No meu caso as coisas são um pouco diferentes, por muitas coisas que aconteceram na minha vida, coisas que doeram muito e que me ensinaram mais ainda, eu aprendi a ser meu próprio chão, buscar em mim a força de me manter de pé, de continuar andando sem depender de ninguém para estabilizar o meu chão... família para mim nunca foi o padrão normal, na verdade as vezes me pergunto se realmente tive um grupo de pessoas para chamar de família, ou simplesmente foram apenas pessoas que tem o mesmo sobrenome e o mesmo sangue que o meu, nada mais.

Assim, as pessoas da minha "família" nunca foram nem chão e nem paredes para mim, ai vem as pessoas que convivo, amigos, hoje posso dizer que me sindo muito mais um amigo para os outros do que um possuidor de amigos, me sinto cansado de me doar, te me esforçar para manter as paredes firmes, paredes que tento compensar com a falta delas em minha família, me desdobro mais para manter meus amigos próximos, mas não os sinto tão próximos assim.

Um amor, aquele que te faz ter vontade de viver mais um dia, de suspirar apaixonado e contar as horas para poder ver, daqueles que você se derrete com um bom dia por mensagem ou um boa noite ao pé do ouvido. Já nem sinto mais a falta... meu coração está gelado, sem vontade de amar, ele passou tanto tempo aberto para um grande amor que hoje não quer mais.

Me sinto sem paredes, me sinto solto, desprotegido, sinto um frio interno que machuca! as vezes penso que pode ser coisa da minha cabeça, mas com os acontecimentos dos últimos dias tenho cada vez mais acreditado nisso.

Cheguei ao ponto de não conseguir ficar dentro da academia por ter muita gente lá dentro!

Sinto a vontade de não falar com ninguém, de me isolar, para ver até onde posso, e ao mesmo tempo tenho medo...

Choro pensando nisso, tento buscar forças em mim, isso mesmo, em mim, SÓ em mim...

Me sinto sozinho...